A exposição “A 1.ª Festa da Vindima – 1938, O Feiticeiro da Calheta e a Origem do Bailinho da Madeira”

 

De 26 a 30 de novembro, podem visitar, no salão da nossa escola, a exposição “A 1.ª Festa da Vindima – 1938, O Feiticeiro da Calheta e a Origem do Bailinho da Madeira”.

A exposição aborda, através de fotografias e textos, a 1.ª Festa da Vindima que decorreu a 18 e 19 de setembro de 1938 e teve como centro o campo Almirante Reis, no Funchal.

A I Festa da Vindima, com os objetivos de socorrer a Escola de Artes e Ofícios da Madeira e promover o vinho e uvas da Madeira, teve uma grande envolvência de toda a ilha, desde o poder político, religioso, social e económico, pessoas abastadas e de menos recursos contribuíram para uma grande manifestação no Funchal, como então nunca se tinha visto na Madeira.

Nos dois dias da Festa decorreram exposições, discursos, barracas de comes e bebes, cortejos de produtos agrícolas e de ranchos folclóricos. O Rancho do Arco da Calheta, liderado por João Gomes de Sousa, poeta analfabeto, mais conhecido por Feiticeiro da Calheta, cantou pela primeira vez os versos que estiveram na origem do Bailinho da Madeira.

A exposição é coordenada por Eugénio Perregil e Paulo Ladeira e organizada pelo CEDECS (Centro de Estudos, Desenvolvimento, Educação, Cultura e Social).

Publicação anteriorAbordagem à vida e obra do Artista Plástico Wassily Kandinsky
Próxima publicaçãoAlgumas atividades do mês do novembro dos nossos pequeninos!